Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de 

Aparelho Dentário ?

Preço do tratamento de Aparelho Dentário ?

logo principal AngelSmile

Aparelho Dentário

Dente do Siso Incluso: Tudo sobre os sintomas, a extração e o preço da cirurgia

Imagem de paciente em consulta no Médico Dentista

Tem algum dente do siso “escondido” por baixo da gengiva e que tarda em nascer? Provoca dores e outros problemas? Se quer saber como agir, leia com atenção este artigo, porque vamos falar, em específico, sobre os dentes do siso inclusos.

Sabia que mais de 90% das pessoas  sofrem deste problema? Não se esconda dele. Não faz mesmo sentido. Aproveite para tirar todas as suas dúvidas e conheça todos os sintomas que estão por detrás desta patologia.

E, melhor do que tudo, saiba se é mesmo preciso extraí-lo e quando é que isso deve ser feito.

Vamos a isso?

Quais são os sintomas que o dente do siso pode provocar?

Os dentes do siso (ou terceiros molares) podem criar uma série de problemas quando “querem” nascer. É muito comum provocarem sensibilidade, desconforto e dor, na parte de trás da boca, por exemplo. Além disso, também é frequente existir algum inchaço na zona afetada.

Este são os principais sintomas que os dentes do siso podem provocar:

imagem de paciente com dor ao mastigar

Quantos dentes do siso existem nas arcadas?

O número de dentes do siso varia de pessoa para pessoa. 

Na realidade, o mais comum é ter-se 4 dentes, ou seja, 2 na arcada superior e mais 2 na arcada inferior. 

Ainda assim, há quem tenha apenas 1, 2, ou 3 dentes do siso ou, em casos raros, até mais do que 4. Nesta última situação, aos dentes que nascem a mais dá-se o nome de dentes supranumerários.

Imagem de uma radiografia dentária a mostrar onde ficam os 4 dentes do siso
Habitualmente, cada pessoa tem 4 dentes do siso

Podem existir outras patologias com os os mesmos sintomas?

Outros problemas dentários, que não estão relacionados com os dentes do siso, podem provocar sintomas idênticos.

O abcesso e a gengivite são alguns desses casos.

Se tem alguma dor ou desconforto e não sabe qual é a causa, o melhor é procurar um Médico Dentista, de forma a perceber o que se passa e, desta forma, iniciar o devido tratamento para a sua situação.

O que é um dente do siso incluso?

Os dentes do siso inclusos são dentes, que estão localizados na parte de trás da boca, e que não conseguem nascer. No fundo, é um dente que se “esconde” dentro da gengiva. 

É também muito frequente os dentes “saírem” da gengiva apenas de forma parcial. Estes dentes são classificados de semi-inclusos. 

Em boa parte dos casos, causam dores, prejudicam outros dentes e contribuem para alguns problemas dentários. Por isso mesmo, são muitas vezes removidos, através de cirurgia. 

Caso tenha dentes do siso semi-inclusos, a probabilidade de ter cáries dentárias e doenças gengivais é maior, uma vez que, por norma, estes dentes são mais difíceis de limpar.

Quer isto dizer, a inflamação e inchaço nas gengivas, tal como o mau hálito, são sintomas comuns, uma vez que os dentes semi-inclusos costumam prender resíduos de alimentos e acumular placa bacteriana. 

A principal causa dos dentes do siso se tornarem inclusos tem a ver com a falta de espaço na boca. Ainda assim, tal também pode ocorrer, por exemplo, devido a fatores genéticos e traumas dentários, que aconteceram durante a infância.

imagem de um dente do siso incluso
Dente do siso incluso

Qual é a diferença entre um dente siso normal e um incluso?

Um dente do siso normal nasce sem dificuldades, enquanto que um dente do siso incluso, por certas dificuldades, não consegue nascer.

Todas as pessoas têm?

Nem todas, mas quase todas. Para ter uma noção, de acordo com a Academia Americana de Cirurgiões Orais e Maxilofaciais, cerca de 90% das pessoas têm, pelo menos, um dente do siso incluso.

Qual é a idade normal para aparecer?

Por norma, os dentes do siso surgem entre os 17 e 25 anos de idade. Algumas pessoas sofrem com isso e outras nem tanto. Na verdade, estes também podem nascer sem causar dificuldades, alinhando-se com os outros dentes, logo atrás dos segundos molares.

Existem diferenças entre o siso incluso superior e inferior?

De facto, existe uma maior probabilidade dos dentes de baixo serem inclusos e, por esse facto, são geralmente mais difíceis de remover. Nesse sentido, o Médico Dentista é o profissional certo para lhe indicar se a sua cirurgia pode ser feita em consultório ou se é necessário encaminhar o seu caso para um Médico especialista em cirurgia Maxilo-Facial.

imagem do Médico Dentista a apontar onde fica localizado o dente do siso
Localização do dente do siso

Qual é o mais complicado?

Os dentes inferiores dão, por norma, mais trabalho do que os superiores. Em primeiro lugar, porque são maiores e, em segundo, porque são fixados na mandíbula, que é mais rígida do que o maxilar.

Se tiver o siso incluso perto do nervo é grave? Tem solução?

É bastante frequente o dente do siso estar perto do nervo (alveolar inferior). Mas há uma boa notícia: atualmente, existem técnicas muito eficazes de lidar com este problema. 

Este nervo está localizado logo abaixo da linha dos dentes e, como os dentes inclusos não nascem e estão muitas vezes inclinados, é comum rondarem essa zona, podendo até atingi-la. 

Tal circunstância pode trazer algumas complicações nessa semi-arcada – sensibilidade nos dentes, no lado da boca que foi afetado, na zona do queixo e também no lábio inferior. 

Por esse motivo, é fundamental que, se tiver um dente do siso incluso, marque uma consulta no Médico Dentista para que essa questão seja avaliada. 

Na realidade, há alguns procedimentos que evitam que o nervo seja afetado, como a coronectomia. Esta intervenção consiste em cortar a coroa do dente e deixar a parte da raiz dentro do osso. 

E depois, das duas uma. Ou essa raíz sobe para nascer, afastando-se do nervo, sendo depois retirada com facilidade. Ou o osso cresce por cima da raiz – e dificilmente voltará a haver problemas para o resto da vida. 

Também pode ser aconselhado remover-se o dente. Em casos mais complexos, é possível ser utilizado um pequeno motor ultra-sónico, que é bastante seguro, porque não atinge os tecidos moles – embora esta opção não exista em boa parte das clínicas dentárias.

Como é que posso descobrir se é o meu caso?

A melhor forma de descobrir se o seu dente do siso está perto do nervo é através de uma Tomografia Axial Computadorizada (TAC). Este exame mostra, com precisão, se este está à frente, atrás ou mesmo encostado ao nervo alveolar inferior.

Imagem de Médico Dentista a analisar exame de um paciente

Qual é a solução adequada?

Isso varia de pessoa para pessoa, porque cada caso tem as suas especificidades. Ainda assim, na maior parte das vezes, os Médicos Dentistas recomendam a extração dos dentes inclusos, mesmo quando estes não causam grandes problemas. Isso acontece com o objetivo de prevenir que estes se tornem numa “dor de cabeça” no futuro.

Como funciona a cirurgia? Qual é o processo da extração?

A cirurgia de remoção dos dentes do siso inclusos é um procedimento bastante seguro.

Uma radiografia da arcada ajuda o Médico Dentista a avaliar a posição e o formato do siso para que se defina a melhor estratégia de extração. 

Esta intervenção é feita normalmente com anestesia local. Também pode ser aplicada anestesia geral, sendo que isso acontece, por norma, em ambiente hospitalar, em casos mais graves. 

Em primeiro lugar, é feita uma incisão na gengiva, removendo-se o osso que recobre o dente incluso. Depois, retira-se o próprio dente.

A etapa seguinte é suturar a incisão e cobri-la com gaze. 

Quando o dente é demasiado grande ou está numa posição desfavorável, o dentista pode parti-lo em pedaços, para que o processo seja menos traumático de se realizar. 

Existe ainda a possibilidade da cirurgia ser adiada por a zona estar infecionada. Nesses casos, é provável que sejam prescritos antibióticos para resolver esse problema, antes de se proceder a uma nova intervenção.

Remoção do Dente do Siso Incluso (Vídeo)

É uma cirurgia complicada?

Como já foi dito, nos dias que correm, é uma cirurgia segura e são raras as complicações. Ainda assim, os dentes do siso inclusos são um pouco mais difíceis de se extrair do que os dentes do siso normais e são mais propensos a danificar, de forma permanente, ossos e outros dentes.

Existem contraindicações?

Normalmente, as contraindicações são temporárias. Por exemplo, a cirurgia não é recomendada quando:

  • O paciente está com o sistema imunitário comprometido;
  • Existem infeções e abcessos;

Também é importante referir que, com o avançar da idade, mais difícil se torna a cicatrização e a recuperação do procedimento cirúrgico.

Quais são os cuidados pós-cirúrgicos?

Por norma, a cirurgia demora menos do que uma hora. Ainda assim, a ferida deixada na boca pode levar meses para cicatrizar por completo. 

A maioria das pessoas, consegue voltar aos seus hábitos normais poucos dias depois. Contudo, é normal que não consiga abrir a boca normalmente, durante uma semana. 

Por isso, deve optar por comer alimentos macios.

Além disso, é habitual sentir-se dor e verificar-se sangramento e inchaço, após a remoção. Normalmente, o Médico Dentista prescreve medicamentos para a dor.

Estes são alguns cuidados que deve ter: 

  • Não realizar atividades físicas;
  • Evitar conversar por longos períodos;
  • Evitar alimentos sólidos, quentes e difíceis de mastigar
  • Aplicar compressa de gelo na face;
  • Manter bons hábitos de higiene oral;
  • Seguir prescrição de medicamentos à risca;

imagem de escovas de dentes alinhadas

Qual é o preço para extração de um dente do siso incluso?

Na AngelSmile contamos com profissionais totalmente capazes e com todos os recursos necessários para realizar esta intervenção com toda a segurança e sucesso. Na nossa clínica, de uma maneira geral, o valor cobrado para este tipo de cirurgia é 150 euros.

Quanto custa, em média, tirar um dente do siso?

Tudo depende da sua situação. Retirar um dente do siso, que nasceu normalmente, não é a mesma coisa do que tirar um dente do siso incluso ou semi-incluso e, por isso, o valor da intervenção também varia.  

Mas conseguimos deixar um intervalo daquilo que poderá ter que gastar.

Pode custar entre 50 euros (para casos mais simples) e 250 euros e tal varia conforme o estado do seu dente – e também do local e por quem é realizada a cirurgia.

Os dentes do siso inclusos são mais caros?

Sim, os dentes do siso são mais caros de serem retirados, uma vez que a intervenção cirúrgica é mais complexa. Pode custar mais do que o dobro do que uma cirurgia de extração de um dente do siso normal.

O que é um dente do siso deitado?

O dente do siso gosta de fazer “malabarismos” e posiciona-se muitas vezes de forma estranha. Uma delas é deitada.

Sendo assim, este dente pode assumir uma posição horizontal dentro da sua gengiva. E, portanto, como se forma mal posicionado, pode atrapalhar o dente vizinho, causando cáries dentárias e outros problemas. 

Além disso, algumas teorias ortodônticas afirmam que estes dentes podem ser responsáveis pelo desalinhamento de outros dentes, uma vez que existe a possibilidade de interferirem na arcada dentária.

É mais grave que um dente incluso?

Geralmente, a cirurgia para retirar um dente deitado requer um pouco mais de técnica. É importante que o seu Médico Dentista realize uma detalhada avaliação clínica, bem como uma radiografia –  e, por vezes, até um TAC – para que se escolha a técnica de extração mais adequada. Converse com ele a respeito disso.

Imagem explicativa de um dente do siso deitado
Dente do siso deitado

Conclusão

Já chegou à conclusão que pode estar a sofrer com um dente do siso incluso?

Se sim, chegou a hora de se livrar desse problema de uma vez por todas.

Não precisa de ter medo. A cirurgia é segura e o resultado é definitivo. 

Mas, primeiro do que tudo, consulte um Médico Dentista e avalie a sua situação. Esse é mesmo o melhor caminho. 

Esperámos ter ajudado com todas estas informações que lhe deixámos e, se ficou com mais alguma dúvida, não hesite em contactar…

Ou então deixe um comentário, em baixo. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Imagem de paciente a ranger os dentes (bruxismo)

Tudo sobre o Bruxismo: o que é, quais são os sintomas e como tratar?

O bruxismo é uma atividade involuntária pode trazer várias complicações na boca. Fique a saber como deve enfrentar este problema.
imagem exemplo de um blog

Tudo sobre a Sensibilidade Dentária: quais são os sintomas e como tratar?

Neste artigo saiba como quais são as causas da sensibilidade dentária e de que forma a pode prevenir e tratar. Fique por dentro de tudo.
imagem de um implante dentário em titânio

Titânio: por que é tão importante para a Medicina Dentária?

O Titânio é um material muito polivalente e, melhor do que tudo, biocompatível. Neste artigo vai ficar a perceber porque é tão usado na Medicina Dentária.

Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de

Aparelho Dentário ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Quanto custará o seu Tratamento de

Aparelho Dentário ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Sobre a
AngelSmile

foto clinica angelsmile lisboa

Obtenha o sorriso que sempre desejou de forma fácil e organizada.

Cada visita é planeada com clareza. Sabe sempre o que está a acontecer e o dinheiro deixou de ser umproblema impeditivo. Descubra

Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de

Aparelho Dentário ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

©2021 AngelSmile.Todos os direitos reservados.
©2021 AngelSmile. Todos os direitos reservados.