Quer saber quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Preço do tratamento de Implantes ?

logo principal AngelSmile

Implantes

Dentes de leite: importância, etapas e cuidados a ter

imagem de bebé com dentes de leite

Os dentes de leite, também conhecidos por dentes decíduos, são os primeiros dentes a nascer e têm várias etapas de crescimento.

Neste artigo, descubra qual a importância do dente de leite, as etapas de dentição das crianças e quais as suas diferenças em relação aos dentes permanentes. 

E fique ainda a saber quais os cuidados a ter com este tipo de dentes.

Como saber se um dente é de leite?

Os dentes de leite começam a desenvolver-se praticamente aos 6 meses de vida do bebé. 

Acreditamos que já se está a questionar “dentes de leite, quantos são?”.

Existem cerca de 20 dentes decíduos (10 superiores e 10 inferiores). São 4 primeiros molares, 4 segundos molares, 4 caninos, 4 incisivos laterais e 4 incisivos centrais (WebMD).

O primeiro dente a nascer, segundo a mesma fonte, é o incisivo central no maxilar inferior.

Diferença entre dentes de leite e dentes permanentes?

Os 32 dentes permanentes são os dentes que nascem após os dentes de leite caírem. 

Existem algumas diferenças entre estes 2 tipos de dentes (Healthline):

  • Esmalte: é mais fino nos dentes de leite;
  • Tamanho: os dentes de leite são, geralmente, mais pequenos;
  • Cor: os dentes permanentes parecem menos brancos;
  • Raízes: nos dentes decíduos são mais curtas, pois o objetivo é que estes caiam poucos anos depois. 

Quais as etapas da dentição de leite?

É importante realçar que as etapas da dentição não correspondem de forma linear em todas as situações, mas permitem ter uma ideia geral. De facto, existem várias etapas de dentição dos 6 aos 33 meses.

6 – 10 meses

Este é o período no qual nascem os primeiros dentes de leite. Os dois incisivos centrais no maxilar inferior são os primeiros a nascer, o que faz com que as gengivas possam estar mais inchadas e vermelhas.

8 – 12 meses

Por volta desta idade, por norma, surgem os 2 incisivos centrais superiores.

9 – 13 meses

Nesta altura, é frequente que o bebé já tenha os 4 incisivos superiores.

10 – 16 meses

Ao lado dos incisivos centrais inferiores nascem já os laterais. Ou seja, o bebé já deverá contar com os seus quatro incisivos inferiores formados.

13 – 19 meses

Nesta fase de crescimento, nascem os primeiros molares superiores, que correspondem aos dentes mais largos na parte de trás do maxilar.

14 – 18 meses

Depois de nascerem os molares superiores, nascem os inferiores. Assim, a função mastigatória começa a ser possível de realizar.

16 – 22 meses

Após o nascimento dos incisivos e dos molares, surgem os caninos superiores, que preenchem a parte da frente em falta. 

17 – 23 meses

Seguindo a lógica, esta é a idade em que surgem os caninos inferiores.

23 – 31 meses

Nesta idade, nascem os segundos molares inferiores.

25 – 33 meses

Segue-se o nascimento dos segundos molares superiores.

Tendo por base estas etapas da dentição, as crianças contam com os seus 20 dentes de leite por volta dos 3 anos de idade.

Como sei que os dentes estão para nascer?

Existem alguns sintomas que podem demonstrar que o bebé está em qualquer uma das fases referidas acima.

Na realidade, o bebé pode apresentar gengiva vermelha, necessidade de “mastigar” o que tiver na mão, dificuldade em dormir, irritabilidade, febre baixa, entre outros (NHS).

imagem de nascimento dos dentes de leite

Quando caem os dentes de leite e porquê?

Os dentes de leite começam a cair por uma questão de espaço, uma vez que a mandíbula também começa a crescer e tem influência na mastigação e na fala.

A idade para queda dos dentes de leite das crianças é entre os 3 e os 12 anos e, geralmente, existe uma ordem de queda dos dentes de leite:

  • 6 – 8 anos: caem os incisivos;
  • 9 – 11 anos: caem primeiros molares;
  • 9 – 12 anos: caem caninos;
  • 10 – 12 anos: caem segundos molares.

Todos os dentes decíduos são temporários e, desta forma, devem cair. 

Porém, no caso em que exista algum dente de leite que não caia é necessário marcar uma consulta de odontopediatria, uma vez que poderá  estar a impedir nascimento de um permanente

Porque temos dentes de leite e quais os cuidados a ter?

Os dentes decíduos desempenham um papel muito importante no desenvolvimento físico, mas também psicológico (IDA). 

Para além da função mastigatória, ao permitirem cortar os alimentos, também ajudam no desenvolvimento da fala e na manutenção do espaço, para o aparecimento dos dentes permanentes. Ter dentes de leite saudáveis e bem cuidados também ajuda na autoestima das crianças.

Existem vários cuidados importantes a ter para se evitar problemas futuros nos dentes das crianças. A WebMD destaca os seguintes:

Limpar as gengivas

Pode passar um pano levemente molhado e macio sobre as gengivas do bebé, após amamentá-lo e antes de dormir, para evitar que as bactérias se agarrem às gengivas.

Escovar os dentes

Quando a criança já tiver alguns dos seus primeiros dentes de leite é importante começar a escová-los. Utilize uma escova de dentes de cerdas macias, de acordo com o que for recomendado pelo odontopediatra. 

Aparecimento da dentição

Com o nascimento de cada dente, o bebé pode sentir-se desconfortável e ter alguns sintomas específicos. Para aliviar esta dor, pode esfregar as gengivas com o dedo ou dar um anel de dentição para ele mastigar.

Prevenir cáries dentárias

É preciso cuidar e proteger os dentes e evitar bebidas e alimentos açucarados é uma das formas que evita o aparecimento de cáries.

criança a sorrir com os dentes de leite

Conclusão

Os primeiros dentes surgem a partir dos 6 meses de idade e cada criança tem 20. São facilmente distinguidos dos dentes permanentes e têm várias etapas de crescimento, que ocorrem até aos 33 meses.

Os dentes decíduos permitem a função mastigatória, o desenvolvimento da fala e ainda melhoram a autoestima das crianças. 

Estes começam a cair entre os 3 e os 12 anos, para dar lugar aos dentes permanentes.

Tal como todos os dentes, necessitam de cuidados para uma boa saúde oral, nomeadamente a limpeza das gengivas, a escovagem e a prevenção de cáries.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
xerostomia

Xerostomia: o que é, as causas e tratamento?

Receia que pode estar a sofrer de xerostomia? Neste artigo, fique a saber tudo sobre o que é, as causas e como a pode combater.
imagem exemplo de um blog

Tudo sobre a Sensibilidade Dentária: quais são os sintomas, as causas, e como tratar?

Neste artigo saiba como quais são as causas da sensibilidade dentária e de que forma a pode prevenir e tratar. Fique por dentro de tudo.
imagem de um implante dentário em titânio

Titânio: por que é tão importante para a Medicina Dentária?

O Titânio é um material muito polivalente e, melhor do que tudo, biocompatível. Neste artigo vai ficar a perceber porque é tão usado na Medicina Dentária.

Apenas em 50 segundos

Simule o Valor do Tratamento Dentário que procura.

Encontre a solução certa para si:

Quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Sobre a
AngelSmile

foto clinica angelsmile lisboa

Obtenha o sorriso que sempre desejou de forma fácil e organizada.

Cada visita é planeada com clareza. Sabe sempre o que está a acontecer e o dinheiro deixou de ser umproblema impeditivo. Descubra

Apenas em 50 Segundos

Simule o Valor do Tratamento Dentário que procura.

Encontre a solução certa para si:

As nossas Clínicas

Tratamento à distância

©2021 AngelSmile.Todos os direitos reservados.
©2021 AngelSmile. Todos os direitos reservados.

Damos valor à sua privacidade. Ao clicar em "Aceitar", concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para uma melhor experiência por parte do utilizador e ajudar nas nossas iniciativas de marketing. Saiba mais

Damos valor à sua privacidade. Ao clicar em "Aceitar", concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para uma melhor experiência por parte do utilizador e ajudar nas nossas iniciativas de marketing. Saiba mais