Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de 

Implantes ?

Preço do tratamento de Implantes ?

logo principal AngelSmile

Implantes

Infecção dentária: Por que acontece e qual é o melhor tratamento?

Infecção dentária

A infecção dentária pode acontecer por diversos motivos e colocar a sua saúde em risco.

Esta é uma situação perigosa e que precisa de tratamento imediato.

Neste artigo conheça os sintomas mais comuns e saiba como deve lidar com este problema – e fuja de possíveis complicações que possam surgir.

Fique por dentro de tudo e tire todas as suas dúvidas.

Vamos a isso?

O que é uma infecção dentária?

As infeções dentárias surgem sobretudo quando as bactérias invadem a polpa dentária e se espalham pelos tecidos. É frequente existir dor moderada a intensa, pus (abcesso dentário) e mau hálito.

Este problema ocorre, em grande parte dos casos, por hábitos de higiene oral pouco cuidados ou como consequência de uma cárie dentária ou periodontite.

imagem de um abcesso dentário
A infecção dentária pode provocar um abcesso (com acúmulo de pus) na boca

É grave?

A infecção dentária é uma emergência médica, uma vez que esta se pode espalhar rapidamente e ter consequências bastante graves.

Por isso mesmo, caso esteja a passar por isso, é fundamental que vá de urgência para o hospital ou procure o Médico Dentista de imediato.

Marcar Consulta

Sintomas da infecção dentária

Estes são os sinais principais de uma infeção na boca:

  • Mau hálito e sabor ruim na boca;
  • Mal-estar;
  • Dor de cabeça;
  • Face, pescoço e bochechas inchadas;
  • Dor forte no dente, pescoço ou maxilar;
  • Dor ao mastigar;
  • Sensibilidade dos dentes ao calor ou ao frio;
  • Febre;
  • Bochecha inchada;
  • Gânglios linfáticos inchados.

imagem de paciente com dor de dentes
A dor moderada a severa na boca é o primeiro sinal da infecção dentária

Causas da infecção dentária

Tal como já foi dito, a infeção dentária pode ocorrer por diversos motivos. Por exemplo, uma cárie dentária não tratada ou mesmo a doença periodontal podem, eventualmente, evoluir para uma infeção.

Estes são 2 problemas que se agravam de forma galopante e, muitas vezes, silenciosa. Por isso mesmo, é essencial que marque uma consulta de avaliação e limpeza profissional no dentista, a cada 6 meses.

Além disso, a infeção também pode surgir por causa dos dentes do siso. Mas porquê?

Porque, em muitos casos, estes dentes são difíceis de higienizar e, com isso, é possível que surjam problemas dentários que culminem com a infeção dentária.

Infecção após extração de dente

Por vezes, logo após a extração de um dente, poderá existir uma infecção do alvéolo (alveolite), que é parte interna do osso onde o dente estava inserido.

Normalmente, a alveolite provoca uma dor intensa e pode ser acompanhada por inchaço, febre e vermelhidão na zona afetada.

Para se ver livre dela, deve marcar uma consulta no seu Médico Dentista para que este possa avaliar a sua situação e definir o melhor tratamento. Pode ter que se recorrer a antibióticos.

Dente do siso arrancado
A alveolite pode acontecer em qualquer dente da boca, mas é mais frequente nos dentes do siso. 

A infecção dentária pode causar a morte?

A infecção dentária é uma situação perigosa e pode causar a morte (apesar de ser muito raro). A infecção pode-se espalhar pela corrente sanguínea, bloqueando as artérias e levando à falência dos orgãos.

Diagnóstico

Por norma, uma radiografia à zona afetada ajuda a identificar a infecção dentária.

Além disso, é possível que o Médico Dentista realize uma tomografia computarizada para perceber se esta se espalhou por outras áreas.

Imagem de Médico Dentista a analisar radiografia periapical

Como tratar a infecção dentária?

Em grande parte dos casos, o dentista faz uma pequena incisão na zona afetada para drenar o pus e limpa a área com soro fisiológico.

Depois disso, pode ser necessário extrair o dente infetado ou proceder-se à desvitalização para que os problemas desapareçam.

Por norma, são também prescritos antibióticos.

A infecção dentária desaparece sem tratamento?

A infecção dentária não desaparece por si só. A dor de dentes até pode deixar de se fazer sentir, mas isso é apenas um indicador que a infeção “destruiu” a polpa do dente. Desta forma, é perfeitamente possível que as bactérias se continuem a espalhar e a causar estragos.

“Remédios caseiros” para ajudar a aliviar os sintomas

Há algumas coisas que pode fazer em casa para ajudar a lidar com a dor e outros sintomas. Estes são alguns dos exemplos:

  • Utilize uma compressa fria sobre a zona afetada para aliviar a dor e a inflamação;
  • Tome antiinflamatórios de venda livre, como o Ibruprofeno;
  • Enxague a boca com água salgada morna (meia colher de chá para uma xícara de água), durante 30 segundos.

Mas atenção! Apenas terá um alívio momentâneo. Só com o devido tratamento é que é possível acabar de vez com o problema.

Marcar Consulta

Quanto tempo demora a passar?

Tudo depende da dimensão da infecção dentária. Se existir abcesso, geralmente demora entre 1 a 2 semanas para passar, mediante a resposta natural do corpo à drenagem e ao antibiótico.

O que fazer em caso de infecção dentária na gravidez?

A infecção dentária durante a gravidez é uma situação preocupante, porque pode afetar a saúde tanto da mãe como do feto. O tratamento de urgência é fundamental.

Na realidade, se um caso de infeção dentária na gestação for tratado rapidamente, as chances de complicações são muito reduzidas.

Além disso, a maioria dos tratamentos dentários são seguros durante esse período.

Prevenção

A melhor forma de prevenir uma infeção dentária é através da manutenção de bons hábitos de higiene oral. Deixamos-lhe, agora, algumas recomendações:

  • Escove os dentes, pelo menos 2 vezes por dia;
  • Passe fio dentário diariamente;
  • Tenha uma dieta equilibrada, rica em fruta e vegetais e pobre em açúcar;
  • Não fume;
  • Marque uma avaliação e limpeza no Médico Dentista, de 6 em 6 meses.

Conclusão

A infecção dentária surge, muitas vezes, como consequência de cáries ou doenças gengivais não tratadas e pode ser bastante perigosa.

Por esse motivo, é fundamental que, assim que se aperceba dos primeiros sinais, vá de urgência para o hospital ou para o dentista, para que o tratamento se inicie de imediato.

A dor na boca, o pus e o mau hálito são alguns dos sintomas mais comuns.

Esperamos que estas informações tenham sido úteis para si.

Continua com dúvidas? É sempre possível.

Se é caso, está à vontade para entrar em contacto. Será um gosto falar consigo e responder a todas as suas perguntas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
imagem exemplo de um blog

Tudo sobre a Sensibilidade Dentária: quais são os sintomas, as causas, e como tratar?

Neste artigo saiba como quais são as causas da sensibilidade dentária e de que forma a pode prevenir e tratar. Fique por dentro de tudo.
imagem de um implante dentário em titânio

Titânio: por que é tão importante para a Medicina Dentária?

O Titânio é um material muito polivalente e, melhor do que tudo, biocompatível. Neste artigo vai ficar a perceber porque é tão usado na Medicina Dentária.
imagem de um dos tipos de aparelhos dentários

Tipos de aparelhos dentários – tudo o que precisa de saber

Quer ficar a conhecer que tipos de aparelhos dentários existem e qual poderá ser a melhor opção para o seu caso? Então descubra neste artigo.

Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Sobre a
AngelSmile

foto clinica angelsmile lisboa

Obtenha o sorriso que sempre desejou de forma fácil e organizada.

Cada visita é planeada com clareza. Sabe sempre o que está a acontecer e o dinheiro deixou de ser umproblema impeditivo. Descubra

Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

As nossas Clínicas

Tratamento à distância

©2021 AngelSmile.Todos os direitos reservados.
©2021 AngelSmile. Todos os direitos reservados.

Damos valor à sua privacidade. Ao clicar em "Aceitar", concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para uma melhor experiência por parte do utilizador e ajudar nas nossas iniciativas de marketing. Saiba mais

Damos valor à sua privacidade. Ao clicar em "Aceitar", concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para uma melhor experiência por parte do utilizador e ajudar nas nossas iniciativas de marketing. Saiba mais