Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de 

Implantes ?

Preço do tratamento de Implantes ?

logo principal AngelSmile

Implantes

Medicamentos para dores de dentes: mediante as causas mais comuns

imagem de medicamentos para dores de dentes

Será que conhece medicamentos para dores de dentes verdadeiramente eficazes? Neste artigo, vai ter a oportunidade de conhecer as causas mais comuns deste problema e também que opções existem para aliviar este terrível desconforto. 

E, além disso, vai ter a oportunidade de conhecer alguns “remédios” caseiros que também podem ajudar bastante

Vamos lá?

Principais causas das dores de dentes

dor de dentes é o primeiro sinal que aldo de errado se passa na sua boca. Muitas vezes, não é motivo de alarme, mas convém não desvalorizar o problema, uma vez que pode ter consequências complicadas. 

Na realidade, são vários os motivos que levam a uma dores de dentes. Uns são graves e outros nem tanto.  

Geralmente, acontece por cárie, problemas gengivais ou trauma.

Dores de dentes causadas por Cárie dentária

Não é comum as cáries provocarem dor. Isso ocorre apenas quando são muito grandes –  afetando os nervos dos dentes, fraturando-os.  

Uma cárie, que não é tratada, pode destruir a polpa dentária e causar uma infeção (abcesso dentário). 

Este problema é causado pela ação de bactérias, que se deve sobretudo a maus hábitos de higiene e a dietas ricas em açúcares.

Dores dentes causada por Inflamação

A experiência de ter um dente inflamado pode ser bastante dolorosa. 

Essa inflamação tem o nome de pulpite, uma vez que ocorre na polpa (estrutura interna do dente), que é uma zona extremamente sensível à dor. 

É causada, essencialmente, pela evolução da cárie dentária e pode ser reversível ou irreversível.

Dores de dentes por Sensibilidade Dentária

Já sentiu isso uma dor ou um desconforto forte e fugaz enquanto comia um gelado ou bebia um café? É muito comum! Esses casos são chamados de sensibilidade dentária

A sensibilidade dentária é uma dor momentânea que aparece quando a dentina, que é composta por micro-túbulos que estão ligados ao nervo, fica exposta e é estimulada por algo frio, quente, doce ou ácido.

imagem de jovem mulher a queixar-se de dor nos dentes

Dores por Traumatismo com ou sem Fratura dentária

O trauma sucede, na maior parte das vezes, de um acidente e, portanto, ninguém está imune a isso. Basicamente, define-se como trauma dentário as lesões nos dentes, gengivas, ligamento periodontal, osso alveolar, bem como nos lábios e na língua.  

Na verdade, a fratura dos elementos dentários pode levar a danos na polpa dentária.

A chance de recuperação é muito superior, haja ou não fratura dentária, quanto mais rapidamente se iniciar o tratamento. Adiar um problema nunca é uma boa forma de agir.

Bruxismo

O bruxismo é um distúrbio no qual são realizados movimentos involuntários, como o apertar ou ranger os dentes. Normalmente, acontece durante o sono, mas não é incomum também ter lugar, de forma involuntária, durante o dia.

Uma vez que pode ser aplicada uma força exagerada na musculatura mastigatória, são frequentes as queixas de dor não apenas nos dentes, mas também na mandíbula, pescoço, face e até nos ouvidos. 

Dor de Dente do Siso

Uma dor no dente do siso é aquela que ocorre na parte de trás da boca.  Por norma, é muito forte.

Quando um dente “quer” nascer, é comum existir inflamação e inchaço na zona afetada. Ao contrário do que muitos pensam, nem sempre é necessário extrair os sisos.

Contudo, em muitos casos, é mesmo algo recomendado.  A extração dos também chamados terceiros molares deve ser feita quando estes dentes estão desalinhados e causam inflamações recorrentes, dores e mais problemas.

Qual a intensidade e localização da dor de dentes?

Saiba onde a dor se pode instalar na sua boa.

Intensidade moderada a elevada

A intensidade da dor está muitas vezes relacionada com a causa e com o estado do seu problema. Ainda assim, em certas situações, uma dor muito violenta não quer dizer, por si só, que se está perante com uma patologia séria. 

Na verdade, cada caso é um caso e o melhor que pode fazer é marcar uma consulta no Médico Dentista, assim que sinta algum desconforto na sua boca, para que a sua condição seja avaliada. 

Qual a localização da dor?

Todos os dentes podem ter problemas e causar dor. Sendo assim, esta pode-se localizar nos incisivos, caninos, pré-molares ou molares, seja no maxilar inferior e superior.

Além disso, é possível que afete apenas um dente, uma arcada dentária ou mesmo todos os dentes ao mesmo tempo – sendo que essa dor também pode irradiar para a área do ouvido e cabeça. 

Além disso, esta pode ser repentina e curta ou constante, e é comum surgir apenas quando se mastiga ou então quando se come ou bebe algo mais quente ou frio. 

Como aliviar as dores de dentes?

Em primeiro lugar, deverá marcar uma consulta no Médico Dentista, de forma a que se inicie o devido tratamento para o seu problema. 

Mais importante do que tudo, é agir sobre o que está a causar a dor. 

Depois, no entretanto, é possível aliviar um pouco o desconforto com algumas atitudes, que pode fazer em casa:

  • Bochechar a boca com água salgada ou com um elixir calmante e antibacteriano; 
  • Tomar um analgésico inflamatório, como o Ibruprofeno;
  • Aplicar gelo pode ajudar a diminuir o inchaço e a inflamação; 
imagem de um elixir bucal
Os elixires antibacterianos ajudam a amenizar as dores

O que fazer quando não posso ir ao dentista imediatamente?

Se não conseguir ir ao dentista logo que imediato, pegue num copo de água e adicione um pouquinho de sal (meia colher de chá). Bocheche com calma. Esta é uma maneira muito simples de “acalmar” a zona afetada e de atenuar a dor que possa estar a sentir. 

O que também pode fazer? 

  • Aplicação de compressas frias ou gelo na existência de inchaço ou abcesso;
  • Aquando de dor latejante, deve evitar estar-se deitado, de forma a diminuir a pressão sanguínea na área afetada.

Medicamentos para dores de dentes: “Caseiros e Naturais”

Estes são algumas soluções caseiras que também podem ajudar a diminuir a dor:

  1. Cravinho: o óleo do cravo-da-índia tem propriedades anestésicas e antibacterianas. Coloque 3 gotas do óleo em meio copo de água morna e bochece. Não o faça por mais de 2 minutos. 
  2. Alho: Apesar de ter um sabor desagradável para muitos, esta é uma opção que pode ser utilizada para diminuir a dor de dentes e evitar que a infeção se agrave. Para isso, coloque um dente de alho sobre a gengiva ou o dente afetado. 
  3. Hortelã: Sabia que o óleo essencial, presente nas suas folhas de hortelã, é antisséptico e antiinflamatório? Assim sendo, para aliviar a dor de dentes, coloque 1 colher de chá de folhas de hortelã, numa chávena com água a ferver, e deixe repousar por cerca de 20 minutos. Depois, coloque o líquido na boca e bocheche por 30 segundos, 3 vezes por dia. 

Qual o melhor medicamento para a dor de dentes forte? 

A principal questão passa por perceber qual é o medicamento que melhor responde contra o tipo de dor que está a sentir. Neste caso, a pessoa mais indicada para lhe dizer isso é o Médico Dentista. 

Contudo, de um ponto de vista geral, os analgésicos anti-inflamatórios (como o Ibuprofeno) são os melhores medicamentos para tratar uma dor de dentes. Caso seja alérgico, por exemplo, outra boa opção é Paracetamol. 

Importa dizer que estes medicamentos são eficazes a reduzir e controlar a dor, mas não tratam a causa subjacente.

Brufen ou Benuron?

Se tivermos em conta estas duas opções: Brufen e Benuron, o Brufen é o medicamento mais indicado. No fundo, é mais rápido e mais eficaz.

O Brufen pode ser usado para combater dores moderadas e leves. Ainda assim, o uso prolongado pode causar irritações no estômago, problemas renais e cardíacos. 

Além disso, em idosos ou em pessoas com problemas de estômago, cardíacos, hepáticos ou renais, a sua utilização deve ser sempre feita com acompanhamento médico. 

Clonix é bom para as dores de dentes?

O Clonix pertence à classe dos analgésicos e antipiréticos e é um antiinflamatório não esteróide (AINE). Tem uma forte ação analgésica e também é eficaz no alívio das dores de dentes. Ainda assim, é um medicamento sujeito a receita médica. Caso lhe seja prescrito, siga à risca as instruções que lhe forem dadas pelo médico ou Médico Dentista.

Anestésicos locais

Na farmácia encontram-se à venda anestésicos tópicos locais ou em spray, que podem ajudar a aliviar a dor de dentes. Normalmente, são aplicados sobre a zona afetada até 4 vezes por dia.

Antibiótico para a dor de dente

O uso de antibióticos pode ser contraindicado para a dor de dentes, estado apenas estão indicados quando existe:

  • Sinais de infeção;
  • Disseminação; 
  • Edema difuso progressivo; 
  • Trismos.

A sua utilização só deve ser feita apenas por recomendação do Médico Dentista. A Amoxicilina costuma ser a primeira escolha neste tipo de situação.

Nota: É imprescindível que alerte o profissional de saúde caso apresente alguma alergia associada a certos fármacos.

A Aspirina também pode ser utilizada?

Sim, este medicamento tem propriedades analgésicas, antipiréticas e anti-inflamatórias. A Aspirina é segura, mas deve ser utilizada com critério, ou seja,  na dose e no tempo recomendado.

Outros medicamentos para dor de dente aguda

Mas também há mais medicamentos que podem ser utilizados para atenuar as dores. Estes são: 

  • Nimesulide, 
  • Diclofenac de sódio;
  • Etoricoxib.

imagem de várias caixas de medicamentos
Podem ser usados vários tipos de medicamentos no combate à dor de dentes

Medicamentos para dores de dentes por uso de aparelho dentário

Para que os dentes se posicionem corretamente, o aparelho dentário faz uma pressão na boca, que causa desconforto. Normalmente, esta é sentida apenas até poucos dias depois de o colocar ou após cada manutenção mensal.

Nestes casos, o Paracetamol é, por norma, o medicamento mais recomendado, uma vez que a Aspirina ou o Ibuprofeno podem diminuir o movimento dos dentes. Ainda assim, o ideal é que fale com o seu Médico Dentista sobre isso, já que nunca se deve automedicar.

imagem de um dos tipos de aparelhos dentários
A pressão exercida pelos aparelhos dentários causam desconforto e dor

Aliviar a dor após a manutenção do aparelho dentário

Evitar alimentos duros, aplicar gelo ou utilizar anestégicos locais são boas formas de aliviar as dores após uma manutenção do aparelho dentário.

Cera Ortodôntica

O brackets e os arames dos aparelhos podem causar pequenas lesões na mucosa da boca e também nos lábios. Neste sentido, a colocação de cêra ortodôntica surge como uma boa solução para minimizar esse problema. Este produto é encontrado em farmácias ou supermercados. 

Estando grávida, pode tomar medicamentos para dores de dentes?

Só por indicação do médico. A grávida nunca se deve automedicar. Ponto final. Uma escolha errada pode prejudicar o bebé. 

Ainda assim, saiba que nestes casos é comum receitar-se o Paracetamol, uma vez que a sua utilização é bastante segura, durante a gravidez.

Como aliviar a dor de dente durante a gravidez?

Enquanto não for possível ir ao dentista, pode optar pelos mesmos remédios caseiros que referimos anteriormente.

Causas para a dor de dente na grávida

Durante a gravidez, os níveis hormonais aumentam conforme o bebé se vai desenvolvendo e tal pode causar dor de dentes e outros sintomas dentários:

Acúmulo de Placa Bacteriana 

Devido às mudanças hormonais, a resposta natural do corpo, para combater a placa, varia durante a gravidez. Se este este problema não for tratado, o risco de ter cáries dentárias e problemas gengivais aumenta.  

Enjôo Matinal 

O vómito é algo comum durante a gravidez, sobretudo nos primeiros três meses de gestação. Tal facto pode enfraquecer o esmalte, provocando dores devido à sensibilidade e às cáries. Para evitar que isso aconteça, escove os dentes com uma pasta de dentes neutralizante, que elimina com eficácia os ácidos estomacais. 

Doenças nas gengivas 

Mais uma vez devido às variações hormonais, grande parte das mulheres, é suscetível a vir a ter gengivite durante a gravidez. A dor, o sangramento e o mau hálito são sintomas comuns desta condição.

Medicamento para dor de dente na gravidez

Eventualmente, podem ser prescritos anestésicos, como o Paracetamol. Contudo, a toma deve ser sempre recomendada pelo Médico Dentista, como já foi referido anteriormente.  

Pode fazer medicação para a dor de dente quando está a amamentar?

Por norma, não existe problema em utilizar o Paracetamol e o Ibuprofeno, durante o período da amamentação. Ainda assim, isso deve ser feito apenas por um período de tempo muito reduzido e sempre com aconselhamento médico.

Medicamentos para dor de dente infantil

São várias as causas que podem provocar uma dor de dentes numa criança, sendo que as mais comuns são são as seguintes: 

Antes de mais nada, é muito importante tratar o motivo da dor, sendo que, em muitos casos, medicar vai camuflar o problema e não o vai resolver por si só.

Criança a ser examinada no Médico Dentista

Como diagnosticar a dor de dente na criança?

O melhor caminho passa por consultar um Médico Dentista, já que este é o profissional certo para perceber a razão pela qual o seu filho está com dores nos dentes. O diagnóstico pode ser feito através de um exame físico e confirmado, se necessário, através de exames radiográficos. 

O que fazer quando a criança tem dor de dente?

A dor nunca deve ser ignorada, nem nunca deve ser considerada como normal, ainda mais quando se trata de uma criança. Nesse sentido, assim que se aperceba dos primeiros sinais, é fundamental procurar ajuda especializada. 

Que medicamentos podem ser aconselhados?

Se as dores permanecerem, anti-inflamatórios, como o Paracetamol e o Ibuprofeno, podem ajudar. Mas, em caso de dúvida, nunca medique uma criança. Fale primeiro com o seu médico, porque é importante acertar na dose e na periodicidade da toma.

Posso fazer automedicação?

Em primeiro lugar, é importante perceber que, muitas vezes, os medicamentos têm efeitos colaterais. Por exemplo, quando se erra na dosagem, pode estar a agravar o seu problema ou até a criar outros. 

Em todo o caso, as medicações analgésicas são geralmente bastante seguras e acessíveis de se encontrar. 

Prevenção é a melhor solução

Uma boa higiene dentária, quando associada à visita ao Médico Dentista, de 6 em 6 meses, é a melhor forma de diminuir a probabilidade de vir a sofrer de dores de dentes. 

A prevenção é mesmo o melhor caminho.

Fique, por último, com algumas dicas para manter um sorriso bonito e livre de dores:  

  • Escove os dentes, com uma escova macia, pelo menos 2 vezes por dia; 
  • Use de pasta dentífrica com flúor;
  • Não se esqueça de escovar a língua;
  • Tenha hábitos alimentares saudáveis, reduzindo o consumo do açúcar. 

Conclusão 

Como pôde perceber neste artigo, há vários medicamentos eficazes no alívio da dor de dentes. 

E também coisas que há coisas muito simples, que pode fazer em casa, que também ajudam a minimizar o desconforto. 

Contudo, ao medicar-se não vai estar a resolver o seu problema. 

Apenas o vai estar a mascarar. 

Nesse sentido, quando sentir alguma dor, o melhor é consultar o Médico Dentista para que se proceda a um tratamento específico para o seu caso.

Ficou com mais alguma dúvida? É sempre possível.

Caso seja o caso, não hesite em contactar ou em deixar um comentário. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Imagem de paciente a ranger os dentes (bruxismo)

Tudo sobre o Bruxismo: o que é, quais são os sintomas e como tratar?

O bruxismo é uma atividade involuntária pode trazer várias complicações na boca. Fique a saber como deve enfrentar este problema.
imagem exemplo de um blog

Tudo sobre a Sensibilidade Dentária: quais são os sintomas e como tratar?

Neste artigo saiba como quais são as causas da sensibilidade dentária e de que forma a pode prevenir e tratar. Fique por dentro de tudo.
imagem de um implante dentário em titânio

Titânio: por que é tão importante para a Medicina Dentária?

O Titânio é um material muito polivalente e, melhor do que tudo, biocompatível. Neste artigo vai ficar a perceber porque é tão usado na Medicina Dentária.

Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Sobre a
AngelSmile

foto clinica angelsmile lisboa

Obtenha o sorriso que sempre desejou de forma fácil e organizada.

Cada visita é planeada com clareza. Sabe sempre o que está a acontecer e o dinheiro deixou de ser umproblema impeditivo. Descubra

Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

©2021 AngelSmile.Todos os direitos reservados.
©2021 AngelSmile. Todos os direitos reservados.