Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de 

Implantes ?

Preço do tratamento de Implantes ?

logo principal AngelSmile

Implantes

Tártaro: tudo o que precisa de saber – O que é, as causas e como tratar?

imagem de um paciente a tratar o tártaro

Certamente que já lhe disseram que é muito importante escovar os dentes e passar fio dentário todos os dias para evitar o acúmulo do tártaro. 

Mas sabe realmente do que se trata?

Conhece, por exemplo, a diferença entre tártaro e placa bacteriana?

Neste artigo, tire todas as suas dúvidas. Saiba o que é, como se forma, quais podem ser as consequências e como tratar. 

Vamos a isso?

O que é o Tártaro?

O tártaro, muitas vezes chamado de cálculo dental, instala-se quando a placa bacteriana, uma película pegajosa, se adere aos dentes e não é devidamente tratada. Com o tempo, essa placa endurece e descolora, criando um depósito crostoso, difícil de retirar. 

O cálculo dental “cola-se” de tal forma à superfície dos dentes que não é possível de ser retirado através da escovagem. 

Este é um problema muito comum e que pode ter várias consequências negativas para a saúde bucal, como cáries dentárias, gengivites ou mau hálito. 

O tártaro não é apenas um problema de saúde oral. É também um problema estético, uma vez que cria uma camada escura (de tom amarelado) nos dentes. 

Por isso mesmo, devem ser realizadas destartarizações com muita frequência. O que aconselhamos é que visite o dentista de 6 em 6 meses.

Existe alguma diferença entre tártaro e placa bacteriana?

O tártaro é, no fundo, uma consequência da placa bacteriana. Em termos técnicos, o tártaro é a mineralização da placa bacteriana. 

A placa é uma película transparente ou amarelada, que se acumula na sua boca, mas que pode ser removida com a escovagem diária. 

Por outro lado, o tártaro apresenta uma cor mais escura e apenas pode ser removido no consultório do Médico Dentista. 

Tártaro supragengival e infragengival 

O tártaro pode apenas aderir à superfície dos dentes. Nunca podemos falar em tártaro gengival. Ainda assim, é correto afirmar-se que existe o tártaro supragengival (que se localiza acima da borda da gengiva) e tártaro infragengival (localiza-se abaixo da gengiva e atinge o sulco gengival, cercando a raíz do dente). É comum existir a presença de ambos. 

Quais são as causas deste problema?

Como já foi dito, o tártaro aparece quando a placa bacteriana não é removida eficazmente através da escovagem e da passagem do fio dentário. 

O que acontece é que, em 24 a 72 horas, essa camada pegajosa vai endurecendo e instala-se nos dentes. 

A principal causa do tártaro é a falta de higiene bucal adequada, seguida da alimentação.  

Isto porque, após as refeições, os alimentos podem acumular-se, por um longo período, na boca e servir de “combustível” para bactérias. Por sua vez, esses microrganismos produzem ácidos que atacam a superfície dos dentes e que, com o tempo, tendem a calcificar.  

O consumo do açúcar faz disparar a probabilidade de sofrer deste problema e, portanto, é importante que o evite (ou, pelo menos, escove os dentes após comer algo mais doce).

Sintomas mais comuns

Mesmo após a escovagem, sente que os seus dentes estão mais amarelos do que o habitual? Então, é bem provável que o tártaro se tenha acumulado na sua boca. 

Mas há uma boa notícia! Com apenas uma consulta no Médico Dentista irá resolver esse problema. Nesse sentido, é muito importante que marque as destartarizações com bastante frequência a fim de evitar situações dentárias graves. 

O tártaro, quando não é retirado, além de provocar mau hálitoirrita e inflama as gengivas, sendo comum haver sangramento. Essa inflamação pode-se tornar profunda e danificar o tecido que sustenta os dentes (periodontite).

A periodontite é uma doença grave que pode levar à perda de dentes

imagem de jovem mulher a queixar-se de dor nos dentes
O tártato pode evoluir para doenças graves na boca

Onde se acumula? 

O tártaro acumula-se sobretudo nas zonas da boca de difícil acesso, como nos espaços interdentais apertados ou na parte traseira dos dentes, sobretudo na arcada inferior. 

Além do mais, é importante dizer que este problema também pode afetar os implantes dentários. O cálculo dental adere a superfícies duras e, portanto, deve cuidar dos dentes artificiais tal como cuida dos reais. 

imagem do tártaro acumulado na parte atrás dos dentes
Tártaro acumulado na parte traseira dos dentes

Como remover o tártaro? 

Assim que se forma, o cálculo dentário só pode ser retirado pelo Médico Dentista. De momento, não existe nenhum tratamento, que possa ser realizado em casa, que seja eficaz na remoção do tártaro. 

Pela internet encontra vários artigos que falam de remédios simples e caseiros para combater o problema. Contudo, não acredite em tudo o que lê. Muitas dessas estratégias não produz os efeitos desejados, além de que poderem ser perigosas para a saúde da sua boca. 

Além disso, não recomendamos a utilização de qualquer utensílio para raspar o tártaro em casa, uma vez que isso pode provocar lesões nas gengivas e desgastar o esmalte.

O melhor mesmo é jogar pelo seguro e marcar uma consulta de destartarização. 

O que é a Destartarização?

Este processo, conhecido muitas vezes por “limpeza de dentes”, dura entre 30 e 60 minutos. Naturalmente, o tempo da consulta varia naturalmente mediante a quantidade de tártaro acumulado na boca.

Para isso, o Médico Dentista utiliza pontas ultrassónicas e curetas manuais. Como complemento, também pode ser usado um jato de bicarbonato, quando existem manchas difíceis de remover. 

De forma a evitar que o problema retorne, é muito importante que realize 2 sessões por ano.

Imagem de Médico Dentista a sorrir

O tártaro infantil

O tártaro não é um problema apenas de adultos. Longe disso. As crianças estão também predispostas a acumular esta camada dura nos dentes  – que depende, sobretudo, dos hábitos de higiene, da alimentação e até de fatores genéticos.

Por isso mesmo, os mais pequenos devem fazer consultas regulares ao consultório do Médico Dentista, num período a definir pelo Odontopediatra, para a manutenção de uma saúde oral de excelência.  

Como pode ser prevenido?

De forma a prevenir que este problema apareça com frequência, o que o aconselhamos é que escove os dentes corretamente, no mínimo 2 vezes por dia. 

Além disso, é fundamental que complemente a escovagem com a utilização de fio dental e, quando possível e necessário, de escovas interdentais. 

Resumindo, estes são alguns comportamentos que deve ter em atenção: 

  • Escovar bem os dentes; 
  • Nunca esquecer o fio dentário;
  • Ter uma dieta saudável, pobre em açúcar;
  • Usar elixir dentário;
  • Marcar consultas regulares no dentista.

Conclusão

O tártaro é uma consequência da placa bacteriana, que pode causar um conjunto de problemas muito negativos para a saúde da sua boca. 

Se não for retirado, é comum levar à inflamação das gengivas, ao enfraquecimento dos esmalte e, no limite, a doenças graves como a periodontite

Portanto, é sempre bom estar alerta. 

E consultar o Médico Dentista com frequência, porque só a destartarização é capaz de removê-lo com total segurança. 

Gostou do artigo? Ficou com mais alguma dúvida? Se sim, está sempre à vontade para nos contactar. Teremos todo o gosto em falar consigo e ajudar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Imagem de paciente a ranger os dentes (bruxismo)

Tudo sobre o Bruxismo: o que é, quais são os sintomas e como tratar?

O bruxismo é uma atividade involuntária pode trazer várias complicações na boca. Fique a saber como deve enfrentar este problema.
imagem exemplo de um blog

Tudo sobre a Sensibilidade Dentária: quais são os sintomas e como tratar?

Neste artigo saiba como quais são as causas da sensibilidade dentária e de que forma a pode prevenir e tratar. Fique por dentro de tudo.
imagem de um implante dentário em titânio

Titânio: por que é tão importante para a Medicina Dentária?

O Titânio é um material muito polivalente e, melhor do que tudo, biocompatível. Neste artigo vai ficar a perceber porque é tão usado na Medicina Dentária.

Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

Sobre a
AngelSmile

foto clinica angelsmile lisboa

Obtenha o sorriso que sempre desejou de forma fácil e organizada.

Cada visita é planeada com clareza. Sabe sempre o que está a acontecer e o dinheiro deixou de ser umproblema impeditivo. Descubra

Fique a saber quanto custará o seu Tratamento de

Implantes ?

Responda ao nosso Quiz e personalizaremos o seu sorriso.

©2021 AngelSmile.Todos os direitos reservados.
©2021 AngelSmile. Todos os direitos reservados.